quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Sempre temos escolhas



­­­­­­­­­­­Quando se trata de política tenho lido muito a frase: "Não temos escolhas."

Ledo engano! Temos o livre arbítrio e o leme de nossas próprias vidas e se estivermos conscientes de estar no caminho certo, não seremos desamparados. 


É importante acreditarmos que sempre temos uma escolha e um caminho a seguir. Os fins jamais justificam os meios. 


O Universo sempre conspira a nosso favor quando procuramos tomar as decisões certas pelos motivos certos. 


Não é necessário ter medo ou desesperança quando tomamos decisões baseadas na justiça, no respeito, na igualdade de direitos, na honestidade e na paz. 


Por isso, sempre teremos escolhas quando estivermos imbuídos no bem ao próximo, sem atropelar, desprezar ou excluir ninguém...

Por: Rita Ramos Cordeiro 

quarta-feira, 26 de setembro de 2018



Na impossibilidade de compreender e mudar o irmão de jornada, procura olhar no mais íntimo de seu 

ser e muda a si mesmo!

Por: Rita Ramos Cordeiro 

quinta-feira, 20 de setembro de 2018



É possível encontrar a felicidade com tantas dificuldades ocorrendo no meio em que vivemos? 
Sim, porque a felicidade é um sentimento conquistado dentro na alma, do próprio ser em evolução e não depende de nossa moradia terrena mas sim da consciência e paz conquistada em nosso interior. 

Por: Rita Ramos Cordeiro 

quarta-feira, 19 de setembro de 2018




Quem nunca sentiu mágoa e ressentimento de alguém? Sentimento doloroso esse que corrói a alma e sangra o coração e geralmente achamos que aquela dor numa vai passar, mas passa!! 

O tempo passa e nos faz refletir sobre nossos mais profundos sentimentos e um belo dia olhamos para trás e percebemos que não dói mais e custamos a lembrar do motivo da dor.

Percebemos que o motivo nem parecia tão forte diante de tanta dor vivida e finalmente estamos preparados para virar a página definitivamente...

E assim é a vida, nos ensinando que as tempestades da vida são passageiras e que no final sempre surge um lindo arco-íris....

Por: Rita Ramos Cordeiro 


terça-feira, 18 de setembro de 2018

Quando a idade chega




A idade chega para todos! Seres humanos ou animais. 

Num momento da vida o corpo já alquebrado necessita de apoio e de ajuda, mas o que determina a forma de cada um vivenciar a velhice e o fim de uma existência é o carinho, cuidado e amor dedicado.

A única coisa que o animal difere do ser humano é que ele não é um ser pensante e ainda não atua para sua própria evolução.

Mas o sofrimento e desamparo é o mesmo e nós seres humanos temos a responsabilidade e o dever de amparar aqueles que escolhemos cuidar! Tanto animais como seres humanos! 

Que possamos ter sempre o amor em nosso coração para amparar e auxiliar aqueles que necessitam de amparo, só assim estaremos preparados para quando nossa vez chegar!!



Por: Rita Ramos Cordeiro